Vacina para a mente

Os Professores e os Educadores querem reduzir o impacto psicológico da quarentena nas crianças, porque não pararam de aprender.

Os Professores e os Educadores querem reduzir o impacto psicológico da quarentena nas crianças, porque a sua missão é renovada a cada desafio.

Os Professores e os Educadores querem reduzir o impacto psicológico da quarentena nas crianças, porque estão atentos às diferentes formas de lidar com as tragédias, e crianças diferentes, darão diferentes sinais, em alturas diferentes.

Os Professores e os Educadores querem reduzir o impacto psicológico da quarentena nas crianças, porque desejam assegurar um bom ambiente de trabalho para todos.

Os Professores e os Educadores querem reduzir o impacto psicológico da quarentena nas crianças, porque “curiosidade” não é apenas uma palavra bonita, mas um exercício.

Os Professores e os Educadores querem reduzir o impacto psicológico da quarentena nas crianças, porque frases como “vai correr tudo bem”, só serão verdade, se forem revestidas de subjetividade, e de uma construção com esforço.

Os Professores e os Educadores querem reduzir o impacto psicológico da quarentena nas crianças, porque sabem que nem todas as famílias são boas…

Os Professores e os Educadores querem reduzir o impacto psicológico da quarentena nas crianças, porque não há vacina para a depressão, nem para a ansiedade.

Os Professores e os Educadores querem reduzir o impacto psicológico da quarentena nas crianças, não desejam saber as “teorias da moda” para terem “boa nota”, nem para parecerem bem, em rodas de amigos. Os Professores e os Educadores querem reduzir o impacto psicológico da quarentena nas crianças, para ajudar as crianças. Esse é o seu objetivo, a sua vocação, a sua missão e a sua verdade. Esses, são os brilhantes. Não procuram a perfeição. Ela não existe. Procuram a excelência.

Os Professores e os Educadores querem reduzir o impacto psicológico da quarentena nas crianças, porque sabem que esta remediação já está a ser a…prevenção.

Os Professores e os Educadores querem reduzir o impacto psicológico da quarentena nas crianças, porque sabem que com o Mundo Brilhante, o foco é no desenvolver competências.

Os Professores e os Educadores querem reduzir o impacto psicológico da quarentenas nas crianças, porque (afinal!), há vacina para a depressão e para a ansiedade, sim!

O otimismo flexível, a resiliência, a empatia, a motivação, o autoconhecimento, são vacinas poderosas…

MENTES VACINADAS. Para uma reflexão avançada com dicas práticas e exercícios, faremos uma Masterclass especial. Participe clicando aqui: Masterclass especial, quero conhecer.